RSS

Mantenha o otimismo, recupere a confiança.

17 nov

Mais um ano se termina e outro se inicia, então surge muitas dicas para que possamos ter uma vida melhor vejam as que separei do Luke Johnson (foto) , do Financial Times. É lógico que não existe nenhuma fórmula mágica e que nem sempre as ” auto-ajudas ” funcionam para todos. Mas não custa aprender algo novo. Se for bom para vocês ótimo, senão vale pela leitura e pelo conhecimento.

 

 Mantenha o otimismo, recupere a confiança.

1. Estude história.

Não é a primeira vez que o mundo atravessa uma crise econômica. Fases de recessão são cíclicas na história da humanidade. Mas, em última instância, as condições materiais da sociedade tendem a melhorar, especialmente por conta de avanços tecnológicos.

2. Filtre os noticiários.

Não dá para fechar os olhos e ignorar o que rola na internetou no jornal da TV. Mas é saudável adotar uma postura cética em relação aos noticiários. O velho clichê continua sendo verdadeiro: más notícias vendem mais que boas notícias. Leia com parcimônia, e não acredite em tudo que lê.

3. Passe mais tempo com pessoas jovens.

Com o passar dos anos, até o mais ousado empreendedortende a perder o espírito de aventura e a capacidade de se encantar com o novo. Cerque-se de pessoas que ainda preservam essas qualidades. Seu humor agradece.

4. Mantenha a cabeça fria.

A maioria das previsões apocalípticas feitas pelos jornalistas da área econômica tendem a não se realizar. Imaginar tragédias faz parte da natureza humana: isso nos ajuda a nos prevenir contra ameaças verdadeiras. Não quer dizer que elas vão se tornar realidade.

5. Evite os pessimistas.

Você sabe quem são. Eles reclamam o tempo todo – da economia, da presidente, do chefe, do mau tempo, do técnico do time… Prefira a companhia de pessoas com ideias e pensamentos construtivos.

6. Admita os erros e siga em frente.

Se você decidiu ser empreendedor, um dia, com certeza, tomará uma decisão errada. Ou várias. Não perca seu tempo com longos arrependimentos. Analise o erro, tome providências para não repeti-lo e comece tudo de novo.

7. Mantenha-se ocupado.

Pessoas ativas não têm tempo de ficar se preocupando com a conjuntura global. Há muitas oportunidadespor aí: o importante é ficar de olhos abertos e aproveitar as melhores chances.

8. Cuide do corpo.

Endorfinas são uma cura milagrosa contra qualquer tipo de desânimo ou preguiça. Nade, corra, ande de bicicleta, pule de paraquedas – vale tudo, desde que o corpo esteja em movimento.

9. Concentre-se nas pequenas vitórias.

Nem sempre é possível fechar um grande negócio ou entrar em um novo mercado. Mas dá para saborear pequenas vitórias, como a melhora do desempenho de um funcionário ou o e-mail de um cliente satisfeito. Se você se concentrar nos sucessos, vai ficar bem mais fácil enfrentar os fracassos.

10. Esqueça o euro.

Ficar se preocupando com a macroeconomia nem sempre é produtivo. Já que não dá mesmo para você controlar o que acontece na Itália ou na Grécia, concentre-se no seu mercado local, nos produtos que oferece, no público-alvo. O mundo fica mais simples desse jeito. Luke Johnson,(foto) do Financial Times

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/11/2011 em Vivendo e Aprendendo

 

Obrigado, pelo comentário. Após mediação ele será publicado. Volte sempre !!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: